Consumimos alimentos mais caros do que gostariamos

Uma das maiores diferenças culturais que notei na Europa é que desde o zelador ao presidente das empresas, é comum comer suas marmitas esquentadas em um micro-ondas. Como assim? Eles cozinham suas próprias comidas e levam para esquentar no trabalho? Pois é, isso me fez refletir sobre o hábito de consumo brasileiro. Moramos em um dos países mais caros do mundo para se comer (o Índice Big Mac é a prova). Saiba Mais!