Precisamos uns dos outros

Seu nascimento foi através de OUTROS. Seus primeiros banhos foram dados por OUTROS. Você foi educado por OUTROS. A sua renda, ainda que indiretamente, vem por meio de OUTROS. Se você quer se divertir, ou faz uma viagem, vai a um show, cinema, teatro, restaurante, estádio, são os OUTROS que te servirão. Quando você… Saiba Mais!

Procuram-se Seres Humanos

– que não percam a VONTADE DE VIVER, mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, dolorosa;

– que não percam a LUZ E BRILHO NO OLHAR, mesmo sabendo que fatos escurecerão seus olhos;

– que não percam a GARRA, mesmo sabendo que a derrota e a perda são adversários perigosos;

– que não percam o OTIMISMO, … Saiba Mais!

Há 2000 anos atrás

Com mais ou menos detalhes, todos sabemos o que se passou há 2000 anos atrás!
As celebrações recentes da Páscoa fizeram-me pensar no título desta coluna (Verdades de poucas palavras.), na medida em que, o próprio Jesus foi mais ação do que palavras. Recordo-me do seu silêncio enquanto era acusado e lhe perguntavam: nada respondes?

 

Enquanto cá esteve, Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida…”. E se Jesus tivesse ficado apenas pelas palavras? E se Jesus tivesse passado a sua curta vida, aplicando-se a escrever grandes obras literárias, para memória futura, sobre o grande amor de Deus pela humanidade, ou revelando-nos em poesia como era o céu de onde veio, ou dedicando-se a elaborar ensaios e a desenvolver “brainstormings” com os filósofos da época, sobre essa Verdade que queria anunciar? Saiba Mais!

Mais do que a carne, mutilam a dignidade

Das muitas violências que ainda subjugam as mulheres e meninas em várias partes do mundo, qual delas poderíamos qualificá-las como a pior? Eu julgo que seja a praticada pela justiça cega que não vê os lábios silenciados pela tradição, religião e dominação.

 

No dia 6 de Fevereiro, assinalou-se o Dia Internacional da Tolerância Zero Contra a Mutilação Genital Feminina (MGF). A MGF é o nome dado a todos os procedimentos que envolvam a remoção parcial ou total dos órgãos genitais externos da mulher. Trata-se de uma prática tradicionalmente efectuada em muitos países, sobretudo em África e no Médio Oriente. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera estas práticas nocivas para a saúde das mulheres, bem como um obstáculo ao pleno exercício da cidadania e à realização da igualdade. Este dia é uma lembrança para que todos os países lutem contra esta violação extrema dos direitos humanos. Saiba Mais!