A mudança

Mudar é uma decisão que mexe com muitas áreas da nossa vida. É preciso querer para acontecer, mas mais do que querer, é preciso entender a

necessidade de mudar.

 

O ser humano é, por natureza, resistente à mudança. Mas há alturas na nossa vida em que todos desejamos algum tipo de mudança. Seja por

cansaço daquilo que estamos a viver, seja por vontade de experimentar

coisas novas, seja por incentivo de alguém. Há inúmeras razões que nos

podem levar a querer mudar. Mas quando esse desejo surge, ele vem

acompanhado de uma força e de um entusiasmo que nos ajudam a dar os passos necessários para que a mudança ocorra. Há também a mudança que nos é imposta pelas circunstâncias da vida mas não é dessa que falo aqui. Saiba Mais!

O desafio de ser mãe

Maternidade sonhada, vivida, planeada ou inesperada, desejada ou

indesejada. Mães biológicas, adoptivas, espirituais.
A maternidade reveste-se de muitas formas, rostos, sentimentos, mas ela é sempre uma bênção porque a Bíblia diz-nos que “os filhos são herança do Senhor” (Salmos 127:3). Infelizmente, nem todas as mulheres vivem a

maternidade como uma bênção. Lembro-me de uma vez em que a minha filha me perguntava se eu a amava e eu respondi que sim, que a amava muito, e que as mães amam muito os seus filhos. Prontamente, ela disse-me que isso não era verdade porque muitas mães abandonam, maltratam e matam os seus filhos. É uma realidade difícil de entender e de aceitar, mas até as crianças amadas sabem que ela existe. Mas sabemos que o amor de Deus em nós faz milagres e pode fazê-lo também na vida destas mães. Elas precisam das nossas orações. Saiba Mais!

Limpeza da Alma

Uma alma tranquila reflete no corpo a sua paz interior.
Mente sã, corpo são.
Limpezas. Algo com o qual praticamente todas as mulheres estão

familiarizadas. Umas limpam mais, outras menos, umas gostam, outras não gostam. Há as que são obcecadas pela limpeza e que normalmente acham que só elas sabem limpar bem e há as que preferem entregar esse serviço a outra pessoa. Há mulheres que limpam apenas porque a isso são obrigadas e há aquelas que limpam por gosto. Sim, é verdade, há quem goste de fazer

limpezas. Eu sou umas dessas pessoas! Mas não obcecada. Se não

limparmos regularmente as nossas casas, a sujidade vai acumulando.

Primeiro não se nota muito, depois vai-se notando cada vez mais, até que um dia, quase sem darmos por isso, a casa já não é um lugar onde é agradável viver, podendo chegar ao ponto de ser insuportável ou até impossível viver naquele lugar. É por isso que, quer gostemos ou não de o fazer, é essencial limparmos regularmente as nossas casas. Saiba Mais!

Mais do que a carne, mutilam a dignidade

Das muitas violências que ainda subjugam as mulheres e meninas em várias partes do mundo, qual delas poderíamos qualificá-las como a pior? Eu julgo que seja a praticada pela justiça cega que não vê os lábios silenciados pela tradição, religião e dominação.

 

No dia 6 de Fevereiro, assinalou-se o Dia Internacional da Tolerância Zero Contra a Mutilação Genital Feminina (MGF). A MGF é o nome dado a todos os procedimentos que envolvam a remoção parcial ou total dos órgãos genitais externos da mulher. Trata-se de uma prática tradicionalmente efectuada em muitos países, sobretudo em África e no Médio Oriente. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera estas práticas nocivas para a saúde das mulheres, bem como um obstáculo ao pleno exercício da cidadania e à realização da igualdade. Este dia é uma lembrança para que todos os países lutem contra esta violação extrema dos direitos humanos. Saiba Mais!