Semana da Amamentação

“O Global Breastfeeding Scorecard, que avaliou 194 nações, descobriu que apenas 40% das crianças menores de seis meses são amamentadas exclusivamente (sem nada além de leite materno) e apenas 23 países têm taxas exclusivas de amamentação acima de 60%. A evidência mostra que a amamentação tem benefícios cognitivos e de saúde para bebês e suas mães. É especialmente crítico durante os primeiros seis meses de vida, ajudando a prevenir a diarréia e a pneumonia, duas principais causas de morte em lactentes. As mães que amamentam têm um risco reduzido de câncer de ovário e mama, duas principais causas de morte entre as mulheres.” World Health Organization Saiba Mais!

O desafio de ser mãe

Maternidade sonhada, vivida, planeada ou inesperada, desejada ou

indesejada. Mães biológicas, adoptivas, espirituais.
A maternidade reveste-se de muitas formas, rostos, sentimentos, mas ela é sempre uma bênção porque a Bíblia diz-nos que “os filhos são herança do Senhor” (Salmos 127:3). Infelizmente, nem todas as mulheres vivem a

maternidade como uma bênção. Lembro-me de uma vez em que a minha filha me perguntava se eu a amava e eu respondi que sim, que a amava muito, e que as mães amam muito os seus filhos. Prontamente, ela disse-me que isso não era verdade porque muitas mães abandonam, maltratam e matam os seus filhos. É uma realidade difícil de entender e de aceitar, mas até as crianças amadas sabem que ela existe. Mas sabemos que o amor de Deus em nós faz milagres e pode fazê-lo também na vida destas mães. Elas precisam das nossas orações. Saiba Mais!

Mãe, para que te quero?

Mãe, figura de relevância na vida de uma criança. Mães colorem a vida dos filhos. Ser mãe tem dias fáceis e os dias difíceis. Mas quem o é de verdade
decerto concordará comigo, é algo extraordinário. Deus deu à mulher a

possibilidade de gerar um ser. É o milagre da vida a acontecer!

 

Sabemos que hoje há uma panóplia de dinâmicas familiares e que o papel da mãe se tem desvanecido ao longo do tempo, alterando-se também de

cultura para cultura. Devido à emancipação da mulher e às exigências

económicas do lar, esta tem vindo a deixar o seu papel primordial na

educação dos filhos.

 

No contacto próximo de estudantes, pude perceber o quanto crianças e jovens carecem do amor dos seus pais! Saiba Mais!

Especial Mãe

A moderna mulher e mãe com multifunções e a falta de tempo. Como se cuidar e ficar linda?

 

Perguntei a uma amiga: Como mãe o que você gostaria de ler em artigo de beleza? Ela respondeu-me que gostaria de ler sobre produtos práticos, aqueles tudo em um! Como todas as mulheres multifunções! As mulheres modernas acumularam funções, no trabalho, em casa, na sociedade, com tantas coisas para realizar fica difícil ter tempo para cuidar se. Foi a pensar em você mãe que este artigo foi escrito!! Saiba Mais!

Mães de Oração

Quando se fala em ‘Déboras’ ou no ‘Desperta Débora’, logo surge a

expressão ‘mães de oração’ e a consequente pergunta: Mas o que é o

Desperta Débora? O que são mães de oração? E começa a explicação…

 

O ‘Desperta Débora’ é essencialmente um ministério de intercessão.

Interceder pelos nossos filhos, e por aqueles que adoptamos como filhos de

oração e pelajuventude portuguesa. Oramos por uma juventude comprometida com Cristo: A Geração Compromisso. É só isso?
Não. Assumir-se como Débora é assumir um compromisso de orar, 15

minutos por dia, por seus filhos. Compromisso? O compromisso não é com o Desperta Débora. É com o Senhor e com os seus filhos. No entanto é um compromisso assinado. Mais que no papel, oramos para que seja assinado no coração. Normalmente aquilo que assinamos, adquire um peso maior, porque o nosso nome está lá! A mãe que se compromete a esta oração diária, torna-se uma ‘mãe de oração’. Saiba Mais!

O Poder da Oração de uma Mãe

Desafiada a reflectir sobre este tema, o meu primeiro pensamento foi que este título deveria ser subdividido. Antes de se falar no poder da oração de uma mãe, tem que haver uma mãe que ore. Mas, então, as mães não oram? Nem todas. Já me deparei com mães que não queriam assumir o compromisso de orar pelos seus filhos. Não se dá a importância, a  ênfase à oração = intercessão pelos filhos. Eu creio que só pode ser falta de conhecimento. E isso é grave! “O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento (…).” Oseias 4:6. Os nossos filhos estão a correr sérios riscos por falta de conhecimento da nossa parte!

Oração = intercessão Saiba Mais!