A superação dos reveses da vida

Há três anos, Maria de la Croix procurava um emprego. Bateu na porta da Starbucks e concorreu a uma posição de barista. Foi rejeitada por ter um cabelo azul. Várias empresas a rejeitaram. Muitos teriam desanimado, mas não foi o que Maria fez.

A jovem, com mentalidade empreendedora, não deixou se abalar e teve uma ideia: montar sua própria cafeteria, que seria do jeito que imaginava – artesanal, barata, sustentável e tecnológica. Hoje, a rede de franquias Wheely’s já vendeu mais de 500 cafeterias móveis para mais de 60 países. Saiba Mais!

Rejeição

“Fui rejeitado em 30 empregos.Tentei uma vaga na polícia, não me quiseram. Quando o KFC chegou à China, tentei um emprego lá. Eles entrevistaram 24 pessoas e contrataram 23. Fui o único que ficou de fora. Tentei entrar em Harvard 10 vezes. Em todas fui rejeitado. Sei ser rejeitado”

Com uma fortuna avaliada em US$ 28,5 bilhões, Jack Ma é criador da Alibaba e o 22º Homem Mais Rico do Mundo. Saiba Mais!

A rejeição tóxica

A luta contra o complexo de rejeição é injusta, pois não enxergamos que o nosso maior adversário está dentro de nós. Até o reconhecermos, no

ringue das emoções, a lona será o nosso lugar mais confortável.

 

Quem nunca passou por aquela velha situação de se sentir sozinho,

abandonado, rejeitado? Isso acontece conosco durante a vida. E em muitas ocasiões, com a intenção de sermos aceitos, nós traímos a nós mesmos sendo educados em demasia e bajuladores para conseguirmos a aceitação. Saiba Mais!